segunda-feira, 8 de outubro de 2007

|Ipanema FM, é foda|

Ontem eu fui ao grande show de 24 anos da Rádio Ipanema aqui de Porto Alegre. A Ipanema é a rádio que eu escuto. Até ouço alguns programas de outras FMs mas na hora de escutar uma boa música, é nos 94.9 que eu encontro o que eu quero. Para quem escuta música pela Internet, acessa www.ipanema.com.br

A Ipanema é uma rádio diferente. Ela é a única que surpreende, não se prende nas programações da moda com a mesma música tocando várias vezes por dia. Cada locutor faz seu horário e escolhe a sua seleção de músicas. Em um mesmo bloco tu vai escutar Nirvana, Raul Seixas e Roberto Carlos. Na Ipanema os locutores não falam gritando e correndo, as músicas não são cortadas pela metade. Agora que todo mundo sabe porque eu gosto da Ipanema, vamos aos shows.

Lica e Da Guedes
A festa iniciou ao meio-dia com a transmissão sendo feita direto do Anfiteatro Por do Sol na beira do Guaiba local do evento. Os shows iniciaram às 14:30 com a Lica (ex Groove James), seguido de Da Guedes. Eu não gosto de nenhum dos dois e só cheguei depois deles. Escutei pelo rádio do carro e cada um tocou três músicas.

Pedrada Afú
A banda que mistura rock, reggae e alguma outra coisa, o vocalista tem um vozeirão e a pegada da banda é ótima. Tem futuro.

Wander Wildner
Já foi locutor da Ipanema, acabou sendo um pouco prejudicado pelo som na primeira música onde o Jimmi Joe cantava (foi locutor da Ipanema e hoje é coordenador da Unisinos FM, emissora "concorrente"). Já assisti a uns três shows do Wander e o cara é muito bom! Bebendo vinho virou um hino.

Chimarruts
Teve a participação de alguns integrantes do Afroreggae em uma música, eu não sou fã deles mas acho a Tati (backing vocal) bem "simpática".

Afroreggae
Não conhecia muito o trabalho do Afroreggae. Gostei do som, apesar do show ser muito engessado, com muitas coreografias.

Nei Lisboa
Fez um show básico somente voz e violão para troca de equipamentos no palco. Falar de Ipanema e não lembrar do Nei Lisboa é impossível.

Jupiter Maçã
Acho que não entendi o show do Jupiter. O cara fez história no tempo dos Cascaveletes e esqueceu que não é mais "o cara". Enquanto rolava o maior quebra-pau na platéia ele ficou dando boa noite, quando a confusão acabou, ele larga: foi bom pra vocês? No final do show ele ficou se fresquiando perguntando se queriam mais uma música. Resultado: quando ele foi tocar mais uma, o pessoal já estava desmontando o palco. Muito louco.

Ultramen
Os caras viraram profissionais, tem um show muito bem montado. Só tocaram hits, o povo gostou bastante. Encerraram o show com Amigo Punk (hino oficial dos malucos de Porto Alegre) e Pelêia que levanta todo mundo sempre. A Lica e o Wander contribuíram. Chamaram o Júpiter mas parece que ele já tinha ido embora.

Cachorro Grande
Fui embora depois da Ultramen e não assisti ao vivo. Já assisti a um show da Cachorro em outra ocasião, eles tem uma boa produção e por causa disso possuem um show engessado. Pelo que ouvi no rádio, tocaram os maiores sucessos. A apresentação da banda ficou a cargo da Kátia Suman, figura histórica da Ipanema. Cachorro Grande é a única banda de rock do Brasil atualmente.

Antes do fim:
Infelizmente, por causa do tempo nublado, não foi possível apreciar o por-do-sol que dá nome ao Anfiteatro. Dizem que por causa dos banheiros químicos que formavam um Muro da Mauá no anfiteatro o Sol negou-se a aparecer.


14811

3 comentários:

mulher de sardas disse...

adorei a descrição do show do Júpiter! o cara não tem jeito. mas tudo isso - graças a Deus - é a Ipanema. não acho uma rádio maravilhosa (os locutores às vezes me deixam louca com a sua banca de intelectuais), mas é, de longe a melhor que temos.

abraço!!!

Fernanda disse...

*eu não fui e gostaria de ter ido.
*os gremistas realmente não aceitam esses banheiros químicos... : -D, provavelmente tapar a vista para o Guaíba c/banheiro químico foi idéia de algum colorado. q kgda.
Fiquei sabendo que a próxima festa da Ipanema vai ser para comemorar o aniversário dum ouvinte... um guri que faz aníver no ínício do próximo mês...
Beijos!!!

Anônimo disse...

Fernanda: pare de falar mal dos colorados... apesar de macacos, pretos e pobres que somos, não andamos queimando banheiros químicos em estádios co-irmãos e nem esfaqueando torcedores rivais pelas esquinas de Porto Alegre.
Beijinhos!

Mauro: o Show estava oítmo... fiquei louca com tanta maconha, bebida alcóolica e outras coisas que tinham lá para se cheirar... é... porque quando eu voui para esse tipo de show, sempre volto "chapada"... hehehehe ser careta é foda mesmo!

Definitivamente não gosto de reggae... apenas de algumas músicas.

O Júpiter estpá louco e se ahca... apenas isso.

Beijos... te amo!

Aline